TuneList - Make your site Live

quarta-feira, novembro 25, 2009

Agitar as Águas*


Como o fluxo do nosso ânimo vivo, as correntes de magia tem a sua própria disposição. Há alturas em que sentimos que navegamos na Vontade Divina e somos imediatamente respondidos, e outras em que a nossa mente quer pedir mas o nosso portão mantém a harmonia fechada, e a nossa corrente de vontade não sai de nós para se unir ao fluxo de magia do universo. Parece que entre as duas instâncias da nossa identidade, mente e coração, não vibram como deviam, a sabedoria dos dois não se cria e a harmonia não acontece. Já pensei que quando dispostos todos os dados e cartas de um contexto, a mudança que tentamos fazer acontecer pode ser desejada pelo universo ou não, e o que falta então é mais poder que crie outro caminho... Como tudo na vida de uma feiticeira, aprender é saber quando curar e quando deixar doer. Não conseguimos agitar uma onda sem agitar o resto do lago. A voz que nos diz age e a voz que nos diz espera. Fazer Magia não é uma estratégia. É uma forma de viver. Saber quando agitar as Águas e saber quando sentir e reflectir a sua envolvência.

domingo, novembro 08, 2009

Íris


É pequena, linda, amorosa e ainda não abre os olhos, mas já vê tudo.

A pequenina Íris nasceu. E este foi o seu primeiro dia. A Íris é a filha da mulher que em tempos foi nossa irmã e que, portanto, seguia o mesmo caminho que nós, até que decidiu afastar-se da nossa irmandade, do nosso coven e seguir a sua vida afastada de nós.

Bem vinda ao mundo, querida. E sê forte.

domingo, novembro 01, 2009

*Samhain*




Oh, Samhain,
E o véu estreita,
Cânticos de morte,
E da vida feita.
O Deus morreu,
A Senhora chora,
Espectro de Luz,
Que às Trevas volta.
Duende e elfo,
Silfíde e fada
Rei Dragão
Ondina e Tritão
Saem dos covis
Círculo de Magia
Dançam em alegria
O’Espírito assim quis.
Oh, Samhain
E o véu estreita
Cânticos de morte,
E da vida feita.

por White Wolf (Eolande)