TuneList - Make your site Live

segunda-feira, janeiro 18, 2010

O Lugar da Esperança*


Todos os dias esperamos pelo melhor. Melhor tempo, melhores oportunidades, melhores rotinas, melhores rendimentos, melhores experiências. O "espero" está mais ligado ao destino que, na sua maneira kármica, concede o que acha melhor. E nós?
O nosso tempo é o do quero e acontece em simultâneo. O ideal de lutar pelo que queremos. Só nos lembramos da atitude esperançosa quando mais nada funciona, quando tudo nos falhou, quando nos acontece qualquer coisa inevitável, incontrolável... Ter esperança na sua maneira mais serena, simplesmente porque temos um desejo longínquo que sabemos que precisa de tempo para se manifestar, ou aqueles que sabemos confiar ao tempo que é mais sábio que nós, tem sido relacionada a uma atitude mais passiva perante a vida. Acolher a esperança e a sua pautada visão do mundo não é em si pejorativo. É dar apenas espaço aos presentes que o destino tem para nos dar e que nos esperam também. É acalentar uma luzinha quente nos dias mais sombrios e acreditar, que tudo tem o seu tempo, até a dor, e que como tudo na terra, muda e evolui. Ter esperança é acreditar que tudo está ligado e que é em momentos difíceis que percebemos a nossa força interior exactamente porque suporta essa luzinha no coração.

Hoje, acendo uma vela em nome da minha esperança. Para que não me esqueça da que tenho no meu coração e me lembrar da força que a suporta.


Hope

Hope is the thing with feathers
That perches in the soul,
And sings the tune without the words,
And never stops at all,

And sweetest in the gale is heard;
And sore must be the storm
That could abash the little bird
That kept so many warm.

I've heard it in the chilliest land
And on the strangest sea;
Yet, never, in extremity,
It asked a crumb of me.

Emily Dickinson

Sem comentários: